23 julho 2008

Templários-Ordem de Malta!

Bem, estas palavras que abaixo serão descritas, já faz um bom tempo que estão entaladas na minha garganta para serem ditas. É sobre os templários, especificamente um ato da Ordem de Malta.

Quero falar sobre minha indignação sobre algumas coisas que aconteceram em meio católico que, francamente, eu não estou de acordo, não é "guardar mágoas", por envolver-me em estudos em relação a eles, mas para eu falar porque estou indignado tenho que contar um pouquinho da história desses grandes cavaleiros que mudaram e mudam o rumo da história para melhor até os dias atuais. Então, vamos dar inicio ao assunto.

Para quem não conhece a história dos templários, essa ordem teve sua origem na idade média, para ser mais exato, no ano de 1118 por oito cavaleiros, sua função era proteger peregrinos que seguiam em direção a jerusalém, conquistaram várias terras, ganharam algumas de reis, nobres e senhores feudais, faziam a segurança de cidades, de reis, e tals. Fundamentalmente, cumpriram seu propósito com louvor, o de proteger os mais fracos. O nome da ordem é "Cavaleiros da Ordem do Templo", depois de um tempo, deu-se o declínio desta bela ordem, por inveja e ambição de um determinado rei e de um papa, foi em meados do ano de 1300 e alguma coisa, esse rei safado, ignorante e sedento por poder chamava-se Felipe "o belo" que, com o apoio do papa desta época, tomou, o que era de fato de domínio templário, ele queria conhecer os segredos da ordem, e os templários, por serem uma ordem hermética, ou seja, de cunho secreto, não contavão tão facilmente seus segredos, então esse rei executou o que queria, matou vários membros da ordem, inclusive o grão-mestre da época Jean-jaques DeMolay, que enquanto era queimado, rogou uma praga no rei e no papa, e de fato não duraram sequer um (1) ano de vida.

Essa foi uma época triste para a ordem templária e suas ramificações, sofreram na mão da igreja católica.

Até que um dia, a ordem de Malta (Portugal), aparece na "telinha da tv", ao lado do "santo papa" fazendo o papel de "segurança", daquele senhor lider da igreja católica, mesma igreja que , na idade média, cometeu erros com a ordem templária, da qual a ordem de malta adveio.

Perdoe-me amigos de inúmeras ordens, mas penso que, foi um ato de hipocresia, o que foi realizado pela ordem de malta no último dia de corpus crist (2008).

A Ordem de Malta, é uma bela filha da ordem original, não precisava disso, com tantos conhecimentos, para que associar-se novamente a imagem da igreja?

Sinto, mas não concordo que nenhuma ordem de conhecimentos herdados da ordem original associe-se a imagem de qualquer religião.

Escrevi este post com todo respeito, considerando que ,a Ordem de Malta, uma ordem importante e não inferior. Lamento.

4 comentários:

Tyellë disse...

Realmente eu não conhecia essa história...
como está ?
Uma ótima quinta p vc...
abraços

MAURO LIMA disse...

Eu estou bem
em tú como estás?
é doida a história
muito massa a história dos templários
pra, infelismente, algumas pessoas esquecerem do que já foi vivido.
ISSO NÃO PODE ACONTECER
podem fazer o que quiserem, MAS DO QUE FIZEMOS NÃO SERÁ ESQUECIDO

obrigado pelo coments
bj

Brennah Enolah disse...

Autora em seu blog?

Eu que me sinto honrada...

bom o meu email é:

brennahenolah@gmail.com

mas me avise caso seja serio mesmo, pra conversarmos melhor sobre o assunto.

Obrigada pelo convite.

Bjoooss

Brennah Enolah disse...

Olá

Bom peço desculpas por ter saído tão logo ontem, minha patroa estava desligando o modem, desculpe.

O capitalismo... o que tenho a dizer?

É mesquinharia, acho que isso resume.

E isso se liga à falsa felicidade na qual as pessoas se agarram para dizerem: "Oh, como sou realizada!"

volte sempre ok, e hj verei meu email...

bjos até