08 setembro 2008

O que na verdade somos?

Saudações!
Quero criar aqui um debate, com este poste pretendo criar uma discussão que peço aos leitores desse blog a passar adiante, debata com seus amigos este tema.
Observando o dia-a-dia de um animal, vi, é claro, que eles são totalmente dependentes da natureza da qual eles integram, e também nós seres humanos fazemos parte. Bem, o que quero colocar aqui é que pelo fato dessa dependência deles quanto a natureza, eles conseguem sobreviver muito bem, e graças a essa dependência eles tem total LIBERDADE, e no seu estado natural os animais podem evoluir tranquilamente sem ter que destruir ou fazer uso exagerado daquilo que eles dependem, ou seja, a natureza. Associei isso ao ser humano, será que temos mesmo que nos separar da natureza para ter uma vida social, tranquila, racional e com um certo conforto? Será que temos que abusar da natureza de uma forma exagerada para termos uma "evolução? Será que os "Fins justificam os meios" neste caso? A venda pode trazer tantos benefícios quanto se estivéssemos integrados a natureza de uma forma mais "animal? A respostas para todas essas perguntas, penso eu, é NÃO.
Permitam-me explicar porque! Vocês devem estar pensando: "O cara ta viajando demais", não, eu não estou viajando demais. Podemos ter uma evolução sadia, sem exageros, sendo seres humanos naturais, dependendo da natureza, ou seja, sendo animais e ao mesmo tempo racionais, podemos ter uma casa, podemos nos alimentar, podemos viver como seres humanos, podemos ter maquinas. A diferença é que não deveria haver abusos, o ser humano é racional, não é?! Então poderíamos, numa boa, pensar em como viver na natureza sem nos separar dela devido aos abusos.
Eu te pergunto, de onde vem seu alimento? de onde vem a água que você toma? Entenda que escrevo este poste para criticar de como vem sendo feitas as coisas pelo ser humano, estamos nos destruindo em nome da evolução, estamos caminhando para o lado errado e tudo em nome do consumismo. Será que não estamos caminhando para o lado errado? Será que não estamos fazendo uma "evolução" errada? PODEMOS SIM SER DEPENDENTES DA NATUREZA, sem deixar de fazer a evolução. Os cientistas são tão inteligentes e capazes mas estão destruindo tudo, a cura de qualquer doença começa pelo psicológico, pela mudança de pensamentos, pela dissociação daquela doença pela mente, o corpo é fácil de curar com o conhecimento que os cientistas têm e pela química oferecida pela própria natureza.
Nada contra a evolução, penso que ela deve ser feita, mas de uma forma que não traga consequências a natureza e logo ao homem.
Pense e veja que podemos sim ser dependentes da natureza. Sei que muita coisa não tem mais volta, mas sei que tem muita coisa pela frente e se não mudarmos o rumo das coisas, estaremos perdidos.
Não estou falando em ir morar no meio do mato, mas to falando de necessidades reais, não abandonar o que você precisa, mas tomar um rumo novo, uma forma diferente de vida sem estragar o que é real, o que vamos deixar de herança para os netos, grana? NÃO, vamos deixar uma vida plausível, uma vida possível, e não um planeta em declínio, não uma catástrofe que pode matá-lo.
Pense no que escrevi e POR FAVOR, passe a frente esta discussão, não dependemos de tecnologias super avançadas que nem ao menos chegam a grande população, mas sim de uma evolução que de fato nos ajude sem destruir a fonte da vida humana.
Obrigado

2 comentários:

Camponês disse...

Os problemas nem são os cientistas, mas nos empresários de todo o mundo, que não veêm que são eles nesta corrida de ruma a uma glória perante uma sociedade hipócrita que os engrandecem por conquistas falsas perante a natureza, sem visão de vida, para eles somente o importa eles, não interessam o que deixarão para traz mas o que terão para si, esse porcos imundos me dão cada vez mais nojo e ódio, mas espero que sejam retribuido com ingualdade, afinal de que serve a luz se não há escuridão, e creio que a balança logo logo se estabilizará, e todos sofreremos, deve ser haver uma maneira de mudar isso, eles são os maiores causadores e são os que mais podem ajudar...

isso me deu odio....

abçs

Camponês disse...

perdoem os erros de português, nem parei para corrigir...